sábado, 16 de dezembro de 2006

SANTO PADRE

João Paulo Segundo,
Homem de Deus na terra.
Hoje com o Pai.


NA MESMA PRAÇA...

Nesta mesma Praça
Com suas árvores frondosas
Quantas juras de amor guardam.

IN SIGHT

INSIGHT
Ah se pudéssemos
N´aquele instante mágico
D´inspiração reter algo !

DESCENDÊNCIA

Num simples retrato de parede
Guardamos a doce lembrança
dos avós de nossos pais.

CAMPO BELO

Campo Belo - MG
Oh que campos belos !
Palavras que ecoam através dos séculos
Até hoje no planalto de minha terra natal!

SEMINARIO

Instituto Padre Nicolau - Itajuba-MG
Parte da adolescência
Nesta casa passei longe
Mas perto de Deus!

THEATRO MVNICIPAL - SP

Quantas lembranças guardo
Dos espetáculos assistidos
E dos fantasmas que oiço falar
que nos seus porões habitam!


ESTAÇÃO DA LUZ

Monumental Edifício da Central
Ainda aguardando o trem passar
Através dos séculos a espiar!

MEMORIA

Memória, lembranças que o tempo não apaga!

JOANINHA NA FOLHA

No meio a relva seca
a joaninha numa folha
não sabe que a natureza
clama por socorro !

SERENIDADE

SEREN ( I ) DADE



SEREN (A) IDADE


HORA DE COLHER

O QUE FOI PLANTADO.

VIVER COM SERENIDADE

SABOREAR A BOA SAFRA

DO VINHO ENVELHECIDO.


BRINDE AO FUTURO

Num momento único
Da taça do amor se fez
um brinde ao amor !

NATUREZA MORTA


Assim é o poeta
transformando o invisível
em beleza sutil !


RECONSTRUIR

Do cáos busco a re-construção
das pedras encontradas em meu caminho
eu transformo as em novas ancoragens!

ANJO


NA DIREÇÃO


INOCÊNCIA

Na sua existência pueril
Um anjo em forma de criança ...
Ser angelical a sorrir!

E O TEMPO PASSA

Para não perder de vista
os meus sonhos d´outrora
Galgo os mais altos galhos da vida!

MEU PAI

Quanta serenidade
e sabedoria guarda
quem sempre nos guiou!

BEIJOS

Para viver um grande amor
Num beijo apaixonado
dois lábios se encontram !

OBSTÁCULOS

Obstáculos existem
para serem vencidos
com determinação!

FINAL DE TARDE

Pensar que aqui outrora
em meio a natureza pródiga
Muitos sonhos d´amor nasceram
no final de uma tarde !

MEUS HAICAIS



Meus Haikais embora inspirados nos moldes orientais, que desde minha infância me encantavam não tem a pretensão de seguir os moldes clássicos orientais e ocidentais. Exponho meu modelo próprio mas como todo Haikai exprimido apenas a síntese de um sentimento, de um amor, de uma beleza, mostrando num misto de poucas palavras e imagem central a essência do meu sentimento poético.
Creio assim estar ainda preservando o seu caráter primitivo que sempre me fascinou, me encantou e que resume as coisas que trago n´alma.

"A maior beleza está na simplicidade das coisas!"